Trending News

Blog Post

Liderar em tempos de incertezas
Artigos

Liderar em tempos de incertezas

Liderar em tempos de incertezas – VUCA – Você sabe o que é?

por Fabiana Martins – Psicóloga

 

Discute-se hoje que estamos vivendo num mundo da muVUCA, ou seja, o Mundo Vuca, onde no âmbito organizacional, além de lidar com os impactos (diretos ou indiretos) de desafios globais, as empresas e suas lideranças enfrentam o acelerado ritmo da mudança e sua crescente complexidade.

Hoje, presencia-se uma era onde as mudanças acontecem rapidamente. Assim, para acompanhar essas mudanças e estarem à frente da concorrência, os líderes precisam se preparar para esse novo cenário. É necessário estar atento às inovações para levar seus liderados a um estado de segurança que gere produtividade.

Desse modo, com a velocidade crescente, é preciso atentar-se às novas tecnologias. Atentar-se aos novos competidores, às instabilidades econômicas e políticas, às diversidades interna e externa, porque tudo isso torna o ambiente corporativo altamente complexo e competitivo.

logo

Fique por Dentro

Cadastre-se para receber as novidades da Vetor Editora.

Então, neste novo contexto, a necessidade de desenvolver uma nova capacidade de liderança, que encare os desafios de forma mais consciente, sistêmica e estratégica, é primordial para criar novos e sustentáveis resultados para o futuro.

 

Mas afinal, o que é esse mundo VUCA?

Liderar em tempos de incertezas - VUCA

A utilização do termo VUCA começou no final dos anos 1990 e teve origem no vocabulário militar. A saber, VUCA é uma sigla utilizada para descrever ou refletir sobre a volatilidade (volatility), incerteza (uncertainty), complexidade (complexity) e ambiguidade (ambiguity) das condições e situações gerais. A relevância do VUCA está relacionada com o modo que as pessoas veem as condições em que se tomam decisões, planejam o futuro, administram os riscos, adaptam-se às mudanças e resolvem problemas.

  • Volatility – Trata-se da velocidade em que ocorrem as mudanças e os impactos geram mudanças e transformações no cenário empresarial;
  • Uncertainty – Falta de previsibilidade, incapacidade de prever resultados futuros;
  • Complexity – conectividade e interdependência são fatores que dificultam a capacidade de agir. A natureza interconectada e interdependente dificulta prever o resultado das decisões de negócios em ambientes complexos. Em vez de verdades absolutas, temos cada vez mais fatos que precisam ser montados como um quebra-cabeças para que entendamos a realidade;
  • Ambiguity – Já a ambiguidade se resume à falta de clareza e concretude, o que dificulta a capacidade de encontrar a relação entre causa e efeito ao analisar determinado acontecimento.

Para Furlan (2015, p. 43), acredita-se que o líder de hoje precisa desenvolver um conjunto de conhecimentos e experiências para que possa fortalecer habilidades mentais e emocionais, que sejam necessárias para atuar com eficiência, são elas, a saber: autoconsciência, prontidão, capacidade de adaptação, resiliência e perseverança.

 

Comportamentos essenciais para liderar

Segundo o escritor e coach norte-americano John C Maxwell; o líder precisa apresentar alguns comportamentos essenciais, abaixo alguns deles:

  • Aprender, desaprender e reaprender: conhecimento muda com incrível rapidez e torna-se obsoleto; líderes do presente e do futuro devem substituir o que aprenderam no passado pelo que irão aprender no futuro;
  • Valorizar o passado, mas viver o presente: foco nos desafios correntes e não nas glórias do passado: realizações não garantem o sucesso do que está por vir;
  • Valorizar a rapidez, mas agir no tempo certo;
  • Viver o hoje, mas pensar no amanhã: planejar para ser um líder do futuro;
  • Ter clara compreensão de cada situação, mas ter em mente que a complexidade, geralmente, pode ser maior;
  • Ter a coragem para seguir em frente mesmo em meio às incertezas;
  • Olhar para dentro de si:
  • Aprender algo novo todos os dias;

Nos dias atuais o desenvolvimento de liderança tem sido focado no indivíduo, porém há uma transição ocorrendo do velho paradigma onde a liderança deixa de residir em uma pessoa para um novo no qual a liderança é um processo coletivo, que ocorre por meio da rede de pessoas.

A mudança ocorrerá do “quem são os líderes” para “que condições são necessárias para que a liderança ocorra e consiga mobilizar e engajar todos os níveis da organização”.

De acordo com Bob Johansen citado por Furlan (2015, p. 44) “O que funciona no mundo VUCA não é somente ter uma grande clareza sobre onde você está indo, mas grande flexibilidade sobre como chegar lá”.

Será necessária uma era de rápida inovação na qual as organizações irão experimentar novas abordagens que combinem diversas ideias e novas formas de compartilhamento.

 

Desafios

Um dos grandes desafios será sair de um modelo de liderança heroico, em que o poder de liderança é concentrado em um indivíduo e suas habilidades, e sair para o modelo mais democrático e coletivo.

O grande desafio dessa era VUCA é sair desse mindset (modelos mentais) focado no egossistema e focado no indivíduo e nas suas capacidades, e partir para uma visão mais ecossistema em que todo o coletivo atua em função de resultados e objetivos comuns.

É possível afirmar que os tipos de liderança da gestão das organizações, ao longo dos anos e do ponto de vista tecnológico, apresentam adaptações contínuas no intuito de elevar o nível de acertos nas empresas, impulsionando-as para o sucesso.

O mundo VUCA traz uma série de desafios para os profissionais. Diante das rápidas mudanças e incertezas, o melhor caminho é investir no aprendizado, com a realização de cursos de qualidade que o mantenham atualizados.

Assim, acredita-se que não se pode considerar um modelo único de gestão nem de um líder ideal, pois, em ambos os casos, as características de cada um podem ser utilizadas de maneiras diferentes, sempre com intuito de adequação às necessidades da organização e que, além das adaptações nos quesitos de liderança e gestão, o sucesso de uma organização está relacionado com a manutenção contínua em acordo com a dinâmica do mercado de trabalho.

Racional RH - Logo

 

Curtiu? Acesse a categoria Artigos e mantenha-se atualizado.

 

Talvez você se interesse por:

Baralho dos Comportamentos de LiderançaO baralho dos comportamentos de liderança consiste em uma técnica lúdica para se trabalhar, junto a líderes de equipes, a reflexão e o autoconhecimento sobre os comportamentos que o mesmo adota e suas consequências na equipe.

Ele engloba seis habilidades para a atuação de um líder: comunicação interpessoal, empatia, assertividade, abordagem e condução, negociação e tolerância ao estresse.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios. *