Trending News

Blog Post

Dicas de Leitura

Avaliação Psicológica Direcionada a Populações Específicas: técnicas, métodos e estratégias – Volume II

O livro Avaliação psicológica direcionada a populações específicas: técnicas, métodos e estratégias – Volume II, organizado por Carolina Rosa Campos e Tatiana de Cássia Nakano, foi publicado em 2019 pela Editora Vetor. Organizado em 10 capítulos, o principal objetivo é apresentar as necessidades dos processos de avaliação psicológica destinados a pessoas com deficiência.

O primeiro capítulo do livro descreve os principais desafios da utilização de instrumentos psicológicos para avaliação psicológica da população com deficiência, sendo abordadas questões pontuais acerca das populações adulta e infantil. Ao final, as autoras explicam como elaborar e/ou adaptar instrumentos que atendam às particularidades da avaliação psicológica com essa população.

O segundo capítulo apresenta os aspectos de construção de carreira de pessoas com deficiência e as possibilidades avaliativas disponíveis para o uso em intervenções. Os autores definem quais são os desafios da construção e da orientação profissional e de carreira na população com deficiência. Além disso, enfatizam as dificuldades e possibilidades atuais de uso de instrumentos para a orientação profissional nesta população.

O terceiro capítulo do livro disserta sobre a avaliação psicológica e cognitiva em pessoas com transtorno do espectro autista. Demonstra os desafios de realizar essas avaliações devido à heterogeneidade dessa população e faz um levantamento sobre as diferentes possibilidades de uso de instrumentos e protocolos para esse fim.

Assim como o capítulo 3, o quarto capítulo do livro também tem como objetivo discorrer sobre uma população específica. Neste capítulo, encontra-se uma reflexão sobre o processo de avaliação psicológica de alunos com dupla excepcionalidade no contexto da superdotação. Além de discorrer sobre o que é e quais as principais excepcionalidades podem aparecer junto à superdotação, as autoras também demonstram as dificuldades de diagnóstico e sugerem etapas para que seja realizada uma avaliação psicológica de qualidade.

logo

Fique por Dentro

Cadastre-se para receber as novidades da Vetor Editora.

O quinto capítulo apresenta uma pesquisa aplicada que tem como objetivo avaliar os sintomas do Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) em estudantes universitários por meio da aplicação da Escala de Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade: adolescentes e adultos (ETDAH-AD).

Em relação ao sexto capítulo, as autoras discutem acerca das altas habilidades/superdotação, ou seja, o capítulo discute sobre as principais demandas da avaliação psicológica relacionada às altas habilidades/superdotação, bem como os principais problemas e desafios que abarcam a área.

Em seguida, o sétimo capítulo abarca sobre a avaliação da saúde mental em idosos. Os autores apresentam conceitos acerca da depressão, solidão, práticas de atividades prazerosas e, até mesmo, bem-estar subjetivo. Posteriormente, é apresentado um exemplo prático de avaliação realizada para identificar tais indicadores.

Já o oitavo capítulo apresenta um conciso cenário a respeito dos testes de avaliação da personalidade baseados no desempenho, denominados de testes projetivos, e que auxiliam na avaliação de características relacionadas aos transtornos da personalidade.

Posteriormente, o nono capítulo, denominado de “Questionário de tarefas domésticas e de cuidado de irmãos: avaliando adolescentes em situação de invisibilidade e vulnerabilidade social”, tem como foco principal relatar os resultados de pesquisas que os autores realizaram sobre essa temática, principalmente a respeito do desenvolvimento do Questionário de Tarefas Domésticas e Cuidado entre Irmãos.

E, por último, o décimo capítulo tem como principal objetivo analisar sobre a utilização do instrumento direcionado à avaliação dos custos psicológicos do cuidado familiar direcionado a crianças com desenvolvimento atípico, denominado de Questionnaire on Resources and Stress (QRS) adaptado ao contexto brasileiro.

Por fim, acredita-se que o material possa incentivar e impulsionar a produção de futuras pesquisas na área, visto que se carece de ampliação teórica e prática, a fim de impactar a construção de ferramentas e procedimentos de avaliação psicológica em contexto direcionado a populações específicas. Pode-se afirmar que a obra atende aos objetivos de transmitir conhecimento e ser uma referência para os profissionais, principalmente aos voltados à avaliação psicológica de populações específicas e à qualidade de vida daqueles que estão inseridos no contexto discutido.

A autora Carolina Rosa Campos é psicóloga, mestre e doutora em avaliação psicológica e pós-doutoranda pela Universidade São Francisco. Além disso, possui artigos e livros publicados na área da inteligência e avaliação psicológicas para populações específicas, é parecerista ad hoc do Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos (SATEPSI).

A autora Gabriela Fabbro Spadari é Psicóloga, Mestre e Doutoranda em Avaliação Psicológica pela PUC-Campinas. Especialista em Psicologia Clínica, de linha Cognitivo Comportamental pelo Instituto de Psicologia e Controle do Stress e Certificada em Avaliação de Stress em Empresas pelo mesmo instituto. Certificada em TREC Primary pelo The Albert Ellis Institute. Secretária da Associação Brasileira de Criatividade e Inovação (CRIABRASILIS) e membro do Grupo de Trabalho Avaliação Psicológica em Psicologia Positiva e Criatividade ANPEPP.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios. *